As especificidades do ensino e da aprendizagem da leitura por meio do Sistema Braille na alfabetização de alunos cegos

  • Camila Sousa Dutton Instituto Benjamin Constant (IBC)
Palavras-chave: Leitura em braille, Alfabetização de alunos cegos, Linguagem escrita

Resumo

Considerando a importância da leitura na formação dos indivíduos nas sociedades letradas, o artigo apresenta e discute algumas das especificidades do processo de ensino e aprendizagem da leitura na alfabetização de alunos cegos por meio do Sistema Braille. Para tanto, a pesquisa fundamentou-se nas experiências pessoais da autora como professora alfabetizadora de alunos cegos em uma instituição especializada em deficiência visual, no Rio de Janeiro, nos anos de 2017, 2018 e 2019, com o objetivo de compreender quais elementos são fundamentais para que um aluno cego aprenda a ler fazendo uso do Sistema Braille. A análise das experiências foi desenvolvida na interlocução com autores que se dedicaram a pensar a alfabetização, a linguagem e a alfabetização de alunos cegos. O estudo aponta para a necessária ampliação do contato do aluno cego com a linguagem escrita e do domínio do hábito motor da leitura e da percepção e distinção dos caracteres em braille, além de indicar que características inerentes ao Sistema Braille e à cegueira podem levar o aluno cego a errar mais e precisar de mais tempo para aprender a ler.

Biografia do Autor

Camila Sousa Dutton, Instituto Benjamin Constant (IBC)

Mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

Referências

ALMEIDA, M. G. S. A importância da literatura como elemento de construção do imaginário da criança com deficiência visual. Rio de janeiro: Instituto Benjamin Constant, 2014.

FREIRE, P. Não há docência sem discência. In: FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz & Terra, 1996. p. 21-45.
LURIA, A. R. Principais formas da alocução verbal. Linguagem oral (colóquio e monólogo) e linguagem escrita. In: LURIA, A. R. Pensamento e linguagem: as últimas conferências de Luria. Porto Alegre: Artes Médicas, 1986. p. 163-172.

MORAES, R. M. C. M. Braille e dêixis espacial: a importância da noção espacial no processo de ensino-aprendizagem do Sistema Braille por pessoas com cegueira adquirida. Benjamin Constant, Rio de Janeiro, n. 56, 2013. Disponível em: http://revista.ibc.gov.br/index.php/BC/article/view/369. Acesso em: 10 jun. 2020.

NANNEMANN, A. C. et al. Oral Braille Reading Decoding Strategies of Middle School Students Who Are Blind or Have Low Vision. Journal of Visual Impairment & Blindness, p. 284-288, mayjune 2017. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/EJ1142840.pdf. Acesso em: 8 set. 2019.

NICOLAIEWSKY, C. de A. CORREA, J. Escrita ortográfica e revisão de texto em Braille: uma história de reconstrução de paradigmas sobre o aprender. Cad. CEDES, Campinas, v. 28, n. 75, p. 229-244, ago. 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622008000200006&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 3 jul. 2020.

SARGIANI, R. A. Fases iniciais da aprendizagem da leitura e da escrita em Português do Brasil: efeito dos fonemas, gestos articulatórios e sílabas na aquisição do mapeamento ortográfico. 2016. 213 f. Tese de Doutorado (Programa de Pós-Graduação em Psicologia) – Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016.

SOARES, M. Alfabetização: o método em questão. In: SOARES, M. Alfabetização: a questão dos métodos. São Paulo: Contexto, 2018a. p. 15-53.

SOARES, M. Leitura e escrita de palavras. In: SOARES, M. Alfabetização: a questão dos métodos. São Paulo: Contexto, 2018b. p. 254-285.

VYGOTSKI, L. S. El niño ciego. In: VYGOTSKI, L. S. Obras Escogidas – V – Fundamentos de Defectología. Volumen 2 – V de La Coleción Machado Nuevo Aprendizage. Madri: Machado Libros, 2012. p. 99-113.

VYGOTSKI, L. S. La prehistoria del desarrollo del lenguaje escrito. In: VYGOTSKI, L.S. Historia del Desarrollo de las Funciones Psíquicas Superiores, Obras Escogidas III, Coleción Machado Nuevo Aprendizage. Impreso em España, Madri, 2012. p. 127-144.
Publicado
2021-04-30
Como Citar
DUTTON, C. S. As especificidades do ensino e da aprendizagem da leitura por meio do Sistema Braille na alfabetização de alunos cegos. Benjamin Constant, v. 27, n. 62, p. 1-15 e276202, 30 abr. 2021.
Seção
Artigos Livres