PRÓXIMOS TEMAS (DOSSIÊS TEMÁTICOS)

2021-08-10

REVISTA BENJAMIN CONSTANT

Próximos dossiês temáticos

 

Volume 27, número 63 – 2021: Temas contemporâneos para a acessibilidade da criança com Deficiência Visual

Coordenadores (Editores Convidados): Maria Stella Coutinho de Alcantara Gil (Ufscar) e Ailton Barcelos da Costa (Ufscar).

Período de submissão de trabalhos: 15 de agosto a 15 de outubro de 2021. Previsão de publicação do dossiê: 30 de novembro de 2021.

O dossiê tem por objetivo compartilhar com a comunidade os resultados de pesquisas, análises críticas da literatura e relatos de experiência que tratem de aspectos relevantes dos processos educacionais e de desenvolvimento/aprendizagem de crianças com deficiência visual na direção da acessibilidade. A ênfase será dada às pesquisas sobre práticas de promoção do desenvolvimento e os processos decorrentes, vivenciados pelas crianças com cegueira ou baixa visão e pelos educadores (pais, professores, profissionais de diversas áreas) que convivem com elas.

Por um lado, o dossiê abordará os resultados de pesquisa sobre as práticas educativas que favorecem a busca de autonomia, que pode ser alcançada nas atividades da vida diária tanto quanto no domínio de competências escolares, como conceitos matemáticos ou aprendizagem inicial do Sistema Braille. De outro ponto de vista, serão destacados os estudos que tradicionalmente eram realizados com crianças videntes e que atualmente investigam os processos de representação das crianças com deficiência visual e de pré-requisito da comunicação entre elas e os coetâneos ou adultos videntes.

 

Volume 28, número 64 – 2022: No papel e na tela: os processos de leitura e escrita de e para pessoas com deficiência visual

Coordenadora (Editora Convidada): Fabiana Alvarenga Rangel (IBC).

Período de submissão de trabalhos: 1 de novembro de 2021 a 30 de janeiro de 2022. Previsão de publicação do dossiê: 30 de março de 2022.

A criação do Sistema Braille possibilitou condições para outra qualidade de participação da pessoa com deficiência visual no universo letrado, incidindo sobre as condições da prática da cidadania, dos direitos políticos e, consequentemente, sobre as relações sociais que estabelecem em seu cotidiano. Avançados dois séculos de sua criação, muitas outras tecnologias vêm se inserir no campo da ampliação das condições de acesso à leitura e à escrita, em especial as tecnologias digitais. Nesse aspecto, cumpre-nos acompanhar esse movimento, discutir os modus operandi engendrados pelas diversas frentes políticas na promoção de uma sociedade inclusiva.

À Educação cabe compreender suas nuances a partir da oferta da escolarização de pessoas com deficiência visual nos mais diferentes modelos em que ela apresenta, ainda que não nos seja possível apreender seus movimentos em sua totalidade. É, portanto, à compreensão sobre o desenvolvimento dos processos de leitura e escrita na educação de pessoas com deficiência visual que esse dossiê se lança, procurando congregar artigos que sinalizem por quais caminhos têm passado tais processos, de que modo se concretizam no cotidiano da escola e como têm sido afetados pelos vários elementos – políticos, formativos, econômicos etc. – que atravessam a educação brasileira.

 

Volume 28, número 65 – 2022: Educação de pessoas com deficiência visual em ciências da natureza na perspectiva inclusiva: possibilidades e desafios

Coordenadores (Editores Convidados): Michele Waltz Comarú (IFRJ), Douglas Christian Ferrari de Melo (UFES) e Décio Nascimento Guimarães (IFF).

Período de submissão de trabalhos: 15 de março a 15 de junho de 2022. Previsão de publicação do dossiê: 30 de agosto de 2022.

O dossiê temático pretende reunir trabalhos oriundos de pesquisas voltadas para práticas inclusivas no contexto do ensino das ciências da natureza para pessoas com deficiência visual, compreendendo, porém, a importância de se considerar o arcabouço teórico que envolve a dinâmica da educação no contexto inclusivo.

Espera-se publicizar manuscritos que apontem para a inovação nos processos de ensino e aprendizagem em busca da garantia de acesso e permanência dos alunos com deficiência visual nos diversos níveis de escolaridade e em diferentes realidades do Brasil e do mundo, destacando o conteúdo das ciências da natureza como elemento-chave das propostas.

 

Volume 29, número 66 – 2023: Estudos Sobre Educação Matemática e Deficiência Visual

Coordenador (Editor Convidado): Agnaldo da Conceição Esquincalha (UFRJ).

Período de submissão de trabalhos: 1 de novembro de 2022 a 28 de fevereiro de 2023. Previsão de publicação do dossiê: 30 de abril de 2023.

A educação matemática tem se dedicado, por meio de grupos e projetos de pesquisa sobre diferença e inclusão, a investigar possíveis caminhos para o estabelecimento de ambientes inclusivos, que respeitem as diversidades e que desenvolvam possibilidades para que haja equidade entre todas as pessoas dentro e fora de espaços educacionais, formais ou não. Em particular, a educação matemática de pessoas com deficiência visual tem sido retratada em pesquisas brasileiras com maior frequência há pelo menos uma década, já sendo possível traçar um panorama que retrate os avanços e desafios deste campo de pesquisa.

Dessa forma, este dossiê tem como objetivo reunir e divulgar trabalhos que problematizem a educação matemática em suas diferentes dimensões, articuladas às questões da deficiência visual. Espera-se receber trabalhos que abordem: 1) Reflexões teóricas e revisões de literatura a respeito das relações entre educação matemática e deficiência visual, nos diferentes níveis de ensino; 2) Relatos de experiências pedagógicas envolvendo educação matemática e deficiência visual; 3) O uso de tecnologia assistiva e produtos educacionais na educação matemática de pessoas com deficiência visual; 4) Reflexões sobre a relação entre educação matemática, educação especial (de pessoas com deficiência visual), educação inclusiva (de pessoas com deficiência visual) e as políticas curriculares e projetos pedagógicos contemporâneos; e 5) Desafios na educação matemática de pessoas com deficiência visual em tempos de pandemia, além de outros temas associados e que tratem diretamente da educação matemática de pessoas com deficiência visual.

 

IMPORTANTE:

  • O envio de contribuições para os dossiês deverá ser feito exclusivamente por meio do site da Benjamin Constant, observando os períodos de submissão indicados acima. Caso enfrente algum problema, entre em contato com os editores da revista por meio do endereço de e-mail: revistabenjaminconstant@ibc.gov.br
  • Os artigos e relatos de experiência a serem submetidos deverão observar as instruções aos autores da revista, disponíveis no site da Benjamin Constant.
  • Serão selecionados pelos editores para compor o Dossiê Temático até 12 (doze) originais. Os trabalhos aprovados que ultrapassem este quantitativo serão encaminhados para publicação nos próximos números, no fluxo contínuo da BC.

Chamada Permanente de Trabalhos

Além do dossiê temático, as submissões para a revista Benjamin Constant de originais que tratem de outros temas, mas articulados às temáticas da deficiência visual, da deficiência visual associada a outras deficiências e da surdocegueira, estão abertas em fluxo contínuo. São aceitos artigos, ensaios e revisões de literatura, relatos de experiência e resenhas críticas, em português, inglês ou espanhol. As submissões deverão ser feitas exclusivamente por meio do site da Benjamin Constant.

 

Comissão Editorial da Benjamin Constant.